* notas:
- O FARANI CINCO TRÊS surgiu através da oficina orientada pelo poeta Chacal, na Biblioteca de Botafogo. Parceria da SMC RJ. Iniciada em Abril de 2011.
- O Farani Cinco Tres participa do projeto FORA DE ÁREA, em parceria com a rede NORTE COMUM, e realização do SESC Rio! As oficinas de jogos poéticos do FORA DE ÁREA acontecem todas as quintas feiras, às 18h30. Na biblioteca do SESC TIJUCA. É de graça, é só chegar. Recomeça em abril de 2013. É só chegar!
- O próximo CEP20000 será na última semana do mês. No Espaço Sérgio Porto [Rua Humaitá, 163 / fundos – 2535 3846]. Sob a coordenação do poeta Chacal, poesia, música, cinema e muito mais. Só vendo, indo, vivendo. O FARANI CINCO TRES também está por lá!

- FARANIS livros!
#JOSE HENRIQUE CALAZANS relançou seu livro, em versão ampliada - com poemas novos: QUEM VAI LER ESSA MERDA? no Sarará, o sarau, que acontece no Spa Cultural PAz, no Catete, dia 12 de outubro - das crianças!
#ALICE SOUTO lançou seu fanzine POESIA AUTO-SUSTENTÁVEL, em versão bilingue, na FLIP2012 em Paraty.
#
FELIZPE FRUTOSE lançou seu FRUTA AFRODISIACA (amostra grátis) no dia 23 de março de 2012! lançamento virtual já com mais de 500 visualizações! PARABÉNS, FELIZPE! Para ler, CLIQue aQui!
#SILVIA CASTRO lançou o seu PRIMEIRO, em dezembro de 2011, também online. Quer ler? CliQue AQui!
#CESAR GOMES
lançou também o seu Livro 22, em novembro de 2011, que pode ser lido AQui!
#ANA SCHLIMOVICH também lançou o seu ANAFENIX, em dezembro de 2011! poemas e fotos de las anas: AqUi!


sexta-feira, 29 de abril de 2011

Blade Runner

No chafariz de águas sujas, crianças tomam banho.
Ao lado, um grupo da terceira idade faz exercícios com “os mais novos equipamentos instalados pela prefeitura para proporcionar saúde à população”.
Do outro lado, meninos cheiram cola em pequenas garrafas pet com adultos que vendem.
A 90 graus, velhos jogam baralho o dia todo e não se importam com os meninos que cheiram cola nem com os mendigos de defecam e urinam nas raízes das árvores quase tão centenárias.
Os meninos e os mendigos também não se importam com eles.
As árvores talvez.
Na ponta da praça, a policia em sua cabine finge que toma conta de tudo.
No lado oposto, a Guarda Municipal não finge.
Imponente, a Matriz se projeta para a praça à sua frente, calada, imóvel.
Mais indiferente que os fiscais dos ônibus e as plantas dos quiosques.
Em torno do chafariz, um amontoado de adolescentes mata aula, quase no pátio da escola.
Nessa praça, vez por outra, tem circo, teatro, música, ciranda, artistas, e flores perfumadas de árvores insistentes.
No Largo do Machado, o retrato maquiado e desleixado da cidade.
E toda essa ausência, que dói.

Modificado para poema, entalhando pedra:


BLADE RUNNER [versão light]

Nas águas sujas do chafariz,
crianças tomam banho.
[Um grupo da terceira idade faz exercícios com “os mais novos equipamentos instalados pela prefeitura para proporcionar saúde à população”.]

PET-COLA:
meninos cheiram,
adultos vendem.

Mendigos urinam árvores
Velhos jogam baralho
não se importam
com os meninos
mendigos
e árvores
tão centenárias.
Os meninos
mendigos
não se importam
com eles.
As árvores talvez.

A Polícia finge,
A Guarda Municipal não finge,
Esfinge
a Matriz
Calada,
Imóvel,
Imponente.
Amontoados
de adolescentes
matam aula,
indiferentes.

Nessa praça,
vez por outra,
circo, ciranda,
teatro, música,
festa, quadrilha,
brincantes, artistas,
delinqüentes,
e flores perfumadas das árvores
insistentes.
No Largo do Machado, um retrato
E toda essa ausência, que dói.

3 comentários:

uma história à margem disse...

lucinha,

ficou legal o blog. leve e bonito. um blog paradidático. não sei se vc abriu geral, mas creio q devia ser uma coisa mais restrita ao grupo para a gente ficar mais à vontade.

o texto é um ótimo retrato. uma fanopéia e tanto. com rasgos de opinião e a conclusão drummondiana. no título, escreve-se blade runner.

Lucinha disse...

consertado! e fechado!
=)

Lucinha disse...

publicando a versão light diet e enxuta -até onde deu- do poema. mais enxuto que isso só o haikai largo do machado... apanhei. e como mulher na versao nelson rodrigues, gostei! mas só poeticamente falando ok?
=)