* notas:
- O FARANI CINCO TRÊS surgiu através da oficina orientada pelo poeta Chacal, na Biblioteca de Botafogo. Parceria da SMC RJ. Iniciada em Abril de 2011.
- O Farani Cinco Tres participa do projeto FORA DE ÁREA, em parceria com a rede NORTE COMUM, e realização do SESC Rio! As oficinas de jogos poéticos do FORA DE ÁREA acontecem todas as quintas feiras, às 18h30. Na biblioteca do SESC TIJUCA. É de graça, é só chegar. Recomeça em abril de 2013. É só chegar!
- O próximo CEP20000 será na última semana do mês. No Espaço Sérgio Porto [Rua Humaitá, 163 / fundos – 2535 3846]. Sob a coordenação do poeta Chacal, poesia, música, cinema e muito mais. Só vendo, indo, vivendo. O FARANI CINCO TRES também está por lá!

- FARANIS livros!
#JOSE HENRIQUE CALAZANS relançou seu livro, em versão ampliada - com poemas novos: QUEM VAI LER ESSA MERDA? no Sarará, o sarau, que acontece no Spa Cultural PAz, no Catete, dia 12 de outubro - das crianças!
#ALICE SOUTO lançou seu fanzine POESIA AUTO-SUSTENTÁVEL, em versão bilingue, na FLIP2012 em Paraty.
#
FELIZPE FRUTOSE lançou seu FRUTA AFRODISIACA (amostra grátis) no dia 23 de março de 2012! lançamento virtual já com mais de 500 visualizações! PARABÉNS, FELIZPE! Para ler, CLIQue aQui!
#SILVIA CASTRO lançou o seu PRIMEIRO, em dezembro de 2011, também online. Quer ler? CliQue AQui!
#CESAR GOMES
lançou também o seu Livro 22, em novembro de 2011, que pode ser lido AQui!
#ANA SCHLIMOVICH também lançou o seu ANAFENIX, em dezembro de 2011! poemas e fotos de las anas: AqUi!


sexta-feira, 27 de maio de 2011

TumbaTOMBATempo

Tumba tempo tumba tempo tumba tempo tumba tempo retumba o tempo
t o a d o r
e
m
p
o
a tumba e o tempo é o tombo e toma-nos, sim, tomba-nos na tumba o tempo
tempo
e
m
p
Retumba o tempo - c a ç o a d o r o tempo, não é? - o tempo o tempo
e a tumba, sim, a tumba que nos tom
b
a
o branco sob o texto
na tumba do tempo

t
t
t
t
t
t
(p) (t) (b) (z)
(o) (u)
m
b
a
.

7 comentários:

uma história à margem disse...

txt partitura. é para ser falado, cantado e ouvido. a partitura é visualmente bonita. mas não é a forma ótima. pensar a performance com o grupo. com coro. etc.

BrIncAPalavrA disse...

É sempre bom ouvir/ler os seus comentários.

FelizPE InFERREIRA disse...

Esse poema ficou bom na forma performática e bom-bom na forma escrita!!!

BrIncAPalavrA disse...

Escrita a lápis - um convite aberto: aberto a todos os temperos de participações ilustres na performance. Quem tem pimenta no bolso? Bom-bom com pimenta seria gostoso.

Des-forma que se re-inventa, descontinua-se e continua (é a proposta). No fim explode, pois são fogos de artifício.

Adiron Marcos disse...

Excelente a forma final que deste a ele,confrade....ficou muito interessante,uma ideia de teia,asim prendendo os olhos de quem lê.....

GP disse...

o tombo de uma pitomba retumba no tempo, tampe com têmpera seus tímpanos, q despontem as têmporas espantadas! tá bom: nem tumba nem tômbola, pinte e ponha um ponto de tambor tanto bobo quanto bamba, como tamanha bunda. bambeia não: bombeia o bem q é batata. da boa. baroa.

BrIncAPalavrA disse...

Entrou no clima, essa pitomba!